top of page

Começou o 12º Congresso Espírita do RS!

O grande reencontro da família espírita gaúcha promovido pela Federação Espírita do Rio Grande do Sul (Fergs) começou no final de tarde desta sexta-feira (27/10), no Centro de Eventos da PUC, em Porto Alegre (RS), com a presença de mais de 3 mil pessoas de diferentes localidades. Após uma edição totalmente on-line, o 12º Congresso Espírita do RS aliou os benefícios da modalidade virtual ao calor humano do formato presencial, com transmissão simultânea e ininterrupta através do canal do YouTube da FergsPlay, reduzindo distâncias e ampliando a participação do público através dessa proposta interativa.


O reencontro, uma construção coletiva

A vice-presidente da Área Doutrinária da Fergs, Cleusa Conceição Terres Schuch, destacou que o Projeto do congresso foi elaborado pela Diretoria Executiva da entidade através do espírito de construção coletiva. Durante essa etapa de planejamento, as palestras, rodas de conversa e a programação especial para jovens, crianças e bebês foram divididas nos seguintes Núcleos Temáticos: sonhar, construir, viver e educar. “A proposta visa fortalecer os ânimos, ensejando o encorajamento, o refazimento das forças e a superação das tribulações para, em comunidade, servir com Jesus” - destaca a liderança.


A chegada e a expectativa da abertura do evento

O credenciamento dos congressistas foi marcado pela alegria do reencontro entre amigos de todas as querências. Os sorrisos traduziram o clima de expectativa em relação às experiências que serão compartilhadas ao longo dos três dias do evento. “Espero que as pessoas aproveitem a energia desse encontro maravilhoso para conscientizarem-se da necessidade de vivermos com equilíbrio entre a vida material e a nossa evolução espiritual” - deseja Nara Pereira Melgarejo, 56 anos, voluntária da Sociedade Espírita Semeadores do Bem, Gravataí (RS).

A alegria invadiu os corações do público através das vibrações de harmonia emanadas pelo som da trilha que leva o título do congresso “O Sol do Novo Tempo - sonhar, construir e viver o Mundo de Regeneração". A composição com letra, música e vocais de Ástrid Godói foi complementada pelo instrumental de Gugga Rays e Gustavo Assis-Brasil e embelezada pela apresentação dos bailarinos Bianca Sturmer e Mateus Fuerstenau, membros da Assessoria de Arte da Fergs.


Apresentação artística emocionante marcou abertura do evento.


Na sequência, respeitando a proposta de inclusão e de acessibilidade, os participantes ouviram a auto descrição detalhada de todo ambiente, visando facilitar a locomoção dos participantes com deficiência visual. A tradução em libras também viabilizou a participação dos congressistas com deficiência auditiva. A inclusão e a acessibilidade, foram o compromisso assumido pela diretoria executiva da Fergs para tornar o evento acessível e inesquecível para todos.

Após o momento de arte que envolveu a todos no ideal de tornar o mundo um lugar melhor através da transformação consciente de cada indivíduo, o presidente da Fergs, Antônio Nascimento, emocionou a todos com suas lágrimas de gratidão pela oportunidade de trabalhar na construção desse encontro memorável que só foi possível graças ao esforço de 270 voluntários dedicados a servir com Jesus para a construção do Mundo de Regeneração. “O trabalho é uma oportunidade de aprendermos, é uma lei divina, que nos humaniza, nos dignifica e alegra nossas almas” - afirma Nascimento.

A liderança concluiu sua fala convocando os espíritas para servirem na edificação do bem. “O Mundo de Regeneração não vai se construir sozinho, por isso precisamos construí-lo juntos como espíritas cristãos, objetivando sair daqui não apenas com conhecimentos teóricos, mas com os nossos corações abertos para que possamos produzir bons frutos, onde Deus nos plantou” - convida Nascimento.


Presidente da Fergs, Antonio Nascimento, faz fala

emocionada na abertura do 12° Congresso Espírita do RS.


O presidente da Federação Espírita Brasileira (FEB), Jorge Godinho Barreto Nery, iniciou sua fala valorizando o empenho da Fergs para a realização de um congresso acessível e inclusivo, salientando a importância do tema “O Sol do Novo Tempo”. “Nós desejamos amar, conhecemos Jesus, já fomos tocados por ele, por isso temos o dever de estar em sintonia com o mestre. Isso quer dizer que precisamos sonhar, construir, mas acima de tudo viver os ensinamentos do seu Evangelho” - lembra Godinho.


O Trigo de Deus, com Divaldo Pereira Franco

Na sequência, o médium baiano Divaldo Pereira Franco, 96 anos, encantou o público com a exposição sobre a temática central do congresso, “O Sol do Novo Tempo – sonhar, construir e viver o Mundo de Regeneração". Ao abordar os desvarios dos tempos atuais onde a guerra, a desesperança e a intolerância tomam grandes dimensões, o orador lembrou o público sobre a mensagem que uma voz luminosa já havia revelado, há dois mil anos. “O amor é a solução para todos os casos” - enfatizou Franco. Ao citar a natureza egoísta das calamidades ainda provocadas pelo homem, o médium recordou o exemplo de amor e de abnegação de Madre Teresa de Calcutá e Irmã Dulce. “Se por um lado ainda vivenciamos muitas dores, por outro nunca observamos tantas expressões de amor na Terra como nos dias atuais, quando por toda a parte almas generosas entoam até Deus seus hinos de louvor através de gestos de solidariedade” - afirma Franco.



Divaldo Pereira Franco abriu os painéis do evento com fala com o tema central do congresso.

Comentarios


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page