WhatsApp Image 2022-04-01 at 15.10.02.jpeg

SOBRE

Em 1921, um grupo de espíritas idealistas, tendo à frente Angel Aguarod Torrero, Frederico Augusto Gomes da Silva, Ildefonso da Silva Dias, Vital Lanza, Mário Mattos Santos, Félix de Abreu e Silva e Ernesto Müzzel, alguns outros companheiros e mais vinte instituições, além de dois órgãos de imprensa espírita, reunidos na sede da Sociedade Espírita Allan Kardec de Porto Alegre tomam a histórica deliberação de fundar uma entidade federativa em consonância com a Federação Espírita Brasileira.

A Federação Espírita do Rio Grande do Sul – Fergs, foi fundada em 17/02/1921, sendo uma sociedade civil, espírita, de caráter científico, filosófico, religioso, educacional, cultural e de ação social, sem fins lucrativos, resultante da união de sociedades civis, espíritas, do Estado, em cujo território situa seu âmbito de ação, tendo por finalidade a unificação, orientando, coordenando e dinamizando o Movimento Espírita do Estado. Foi seu primeiro presidente o confrade Ernani Carlos Falcão Müzzel (1921-1922).

Atualmente, centenária, a Fergs conta com 417 Centros Espíritas vinculados ao trabalho federativo, 54 Uniões Municipais e Distritais, organizadas em 15 regiões em nosso Estado. Essa organização fortalece o Movimento de Unificação, sedimentando os laços de fraternidade e promovendo o aprendizado e a confraternização dos Espíritas.

Devotada à formação de homens de bem, a Fergs desenvolve diversas ações voltadas à sociedade, participando de conselhos de direitos, interagindo com órgãos governamentais e a sociedade civil. Influenciando na organização das estruturas de um tecido social saudável, dialoga com todos os segmentos comprometidos com a edificação de uma nova era para a humanidade.

WhatsApp Image 2022-03-26 at 09.36.16 (2).jpeg
WhatsApp Image 2022-03-26 at 09.36.16.jpeg