MEMÓRIAS DE UM SUICIDA – Parte 2.6 – As lições de Aníbal de Silas


Quarta lição – as causas da vinda de Jesus à Terra. Vislumbrando as civilizações e necessidades humanas em desfile na linha do tempo[1], acaba por ressuscitar civilizações desaparecidas, mostrando as falanges que se foram para outros planetas e as novas falanges que chegaram à Terra[2], suas (nossas) desgraças, sofrimentos, situações urgentes e problemas indefinidos.

Quinta e última lição – a figura inesquecível do meigo Rabi das Galileia. A Epopéia augusta do cristianismo começa na manjedoura e permanece até hoje através das prédicas inesquecíveis de Jesus. Sua oratória impecável, a exemplificação na vida prática e seus esclarecimentos imortais ficaram gravadas na memória de todos aqueles que entraram em contato com Ele. Aprenderemos com Jesus o caminho da reabilitação, pois Ele levou a Boa-Nova também para o astral inferior, acabando com qualquer desculpa para deixar de aplicá-la, especialmente após o advento da Terceira Revelação (o Espiritismo) em 1857.

(continua)

REFERÊNCIAS:

[1] Para que se tenha uma ideia da força das imagens mostradas por Aníbal, sugerimos assistir ao vídeo “Nossa história em um minuto – Our Story in 1 Minute” - https://youtu.be/ZSt9tm3RoUU, acessado em 27 JUNHO 2017.

[2] Sugerimos a leitura integral do capítulo 3 do Evangelho Segundo o Espiritismo para um melhor aprofundamento da questão.

Pintura: Carl Henrich Block (Woman at the Well)

#JoséTerra

0 visualização

Fergs, um século de luz.

Contato/Localização

Travessa Azevedo, 88 Floresta Porto Alegre, RS 90.220-200

Redes

Ativo 7.png
Ativo 4.png
Ativo 6.png

Fone: (51) 3224.1493

Caixa Postal 4715

NÚMERO DE VISITANTES

© 2020 Área de Comunicação Social Espírita da Federação Espírita do Rio Grande do Sul