• FERGS

Aberto oficialmente o 9º Congresso Espírita do RS


O 9º Congresso Espírita do Rio Grande do Sul começou oficialmente nesta sexta-feira (03), em Porto Alegre. O credenciamento dos participantes se deu a partir das 14h. Aproximadamente quatro mil participantes ingressaram na PUC-RS. Junto ao 9º Congresso, foram recepcionados também os participantes do 2º Jovens no Congresso, do 3º Congressinho Espírita e do 1º Congressinho de Bebês do Rio Grande do Sul.

A mesa foi formada pela senhora Miriam Dusi, diretora da Federação Espírita Brasileira, representando a presidência da FEB, o médium Raul Teixeira, mantenedor da instituição Remanso Fraterno de Niterói, Rio de Janeiro, o presidente da Federação Espírita do Paraná, Adriano Lino Greca, a diretora de Unificação da Federação Espírita do Estado de Goiás, o presidente da Federação Espírita do Amazonas, Thiago Souza de Aguiar, a presidente da Federação Espírita da Flórida (EUA) Jussara Korngold e a diretoria do Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro, Cristiane Drux, além de Gabriel Salum, Rogério Stello, Maria Elizabeth Barbieri e Rosi Possebon, representantes da Federação Espírita do Rio Grande do Sul.

Após a formação da mesa, o Presidente da Fergs, Gabriel Salum, abriu oficialmente o evento e anunciou o lançamento do livro da Editora Francisco Spinelli “Espiritualidade nas Relações” e também a Fergs Rádio, que realizará transmissão ao vivo durante todo o Congresso.

Wagner Moura, fundador e presidente da organização humanitária Fraternidade Sem Fronteiras, aproveitou a oportunidade para apresentar o projeto de auxílio às famílias africanas e convidar os congressistas a serem padrinhos e madrinhas do projeto.

A conferência de abertura do evento iniciou às 19h30min com o orador Divaldo Pereira Franco que abordou o tema central do 9º Congresso: “Espiritualidade nas Relações, para Viver e Conviver em Paz”

Divaldo iniciou sua palestra contando a história de Simon Wiesenthal, sobrevivente do holocausto. Ele ainda citou pequenos fragmentos de episódios de violência no período Segunda Guerra Mundial e outros mais atuais, como o ataque às Torres Gêmeas em 2011 comandado por Osama Bin Laden. Por outro lado, citou espíritos que estiveram na Terra para fazer oposição à violência, como Mahatma Gandhi e Madre Tereza de Calcutá. Trazendo para nosso tempo, ele alertou que o ressentimento, a mágoa, o horror devem abrir caminho para os sentimentos de ternura.

Diante das dificuldades de convivência, “Di” como é carinhosamente chamado, ressaltou que é necessário nos espelharmos em Jesus Cristo que aqui passou como modelo e guia e ainda citou o apóstolo João ao dizer: “é necessário que Ele cresça e que eu diminua”.

Após o resgate histórico, ele contou bem humorado algumas histórias pessoais, divertindo com gargalhadas todos os presentes no evento. Divaldo ainda fez um alerta a todos dizendo que nos dias atuais esbanjamos flores nos aplicativos de conversa instantânea do celular, mas não notamos as mãezinhas doentes que estão ao nosso lado fisicamente.

Para encerrar a palestra, ele recitou o Poema da Gratidão de Amélia Rodrigues.

Após, Divaldo foi homenageado por crianças que participam do Congressinho com almofadas de personagens do Conte Mais, Biscoitão Redondo e Estrelinha Azul.

Posteriormente foi realizado um momento de autógrafos, quando os congressistas tiveram a oportunidade de estar mais perto dos escritores Divaldo Franco, Raul Teixeira, Sérgio Lopes, Roosevelt Tiago, Jovani de Andrade, Haroldo Dutra Dias, Miriam Dusi, Gabriel Salum e Leonardo Machado.


0 visualização

Fergs, um século de luz.

Contato/Localização

Travessa Azevedo, 88 Floresta Porto Alegre, RS 90.220-200

Redes

Ativo 7.png
Ativo 4.png
Ativo 6.png

Fone: (51) 3224.1493

Caixa Postal 4715

NÚMERO DE VISITANTES

© 2020 Área de Comunicação Social Espírita da Federação Espírita do Rio Grande do Sul